"NADA NOS DEIXA TÃO SOLITÁRIOS QUANTO OS NOSSOS SEGREDOS" - Paul Tournier

sábado, 15 de junho de 2013

Lapso de fofura

Quem é que vai entender porque as coisas acontecem de forma repentina, quando já não esperamos mais nada vindo de lugar nenhum? Quando tudo o que fazemos é viver um dia, e depois o outro e depois o outro. Desacreditados de qualquer espécie de mudança. Quando deixamos de acreditar no poder das palavras, no poder dos sentimentos, e quando finalmente já deixamos de procurar pelo o outro que nos complete.
Quando simplesmente nos desapegamos da ideia de que não necessitamos de alguém pra que nossa vida siga em frente, de repente aparece alguém, de forma tão inesperada, e muda tudo ao redor.

Depois das minhas tentativas frustradas, e paixões não correspondidas, e términos não mais tão traumáticos, eu decidi abraçar a aceitação de que esse negócio de relacionamento não era algo que deveria funcionar comigo, eu deixei essas esperanças de lado. Afinal, tenho só quase vinte anos. Minha vida tá começando agora, sabe? Então, eu deixei isso, esses sonhos de príncipe encantado e sapatinhos de cristal e maldições quebradas...
E acho que justamente por eu ter deixado isso de lado, o destino encontrou uma pequena fenda que eu havia esquecido de lacrar, e colocou no meu caminho alguém que finalmente parece estar disposto a caminhar comigo.

Eu sei, toda vez eu penso da mesma forma e quebro a cara. Mas acho que dessa vez vai funcionar.
Parece que nos conhecemos há tempos, mesmo que eu só conheça a pouco mais de seis meses. Nós funcionamos bem juntos.. Talvez tenha sido pelo fato de ele ter estado presente quando precisei. Quando não deu certo com o Anderson, e quando também não deu certo com o Isaías. Ele estava ali, como o amigo que eu precisava. "Calma Jenn, vai dar tudo certo" Ele dizia. "Não desiste ainda, não é porque você tem dedo podre e todos até o momento não deram certo por serem filhos da puta, que vai dar errado com todo mundo". De alguma forma, do jeito que ele colocava as coisas, parecia que tudo ficava mais claro e simples, porque, eu não manjo de sutilezas, e ele basicamente me disse "a vida funciona assim, assim, e assim".
Foi assim que ele se aproximou de mim. Não foi com interesse nos meus peitos, nem olhando pra minha bunda. Se aproximou de mim quando eu estava um caco, e foi tomando pedacinhos de mim aos poucos. Um trabalho muito bem-feito por parte dele (só acho). Hoje, ele é uma pessoa tão importante, mas tão importante pra mim, que me deixaria arrasada e reclusa se ele cogitasse sair da minha vida.

Nunca na minha vida, eu iria imaginar que o ajudar a comprar uma simples camiseta da Hering, terminaria num delicioso beijo roubado. O melhor beijo que já me roubaram.
Nunca na minha vida, eu imaginaria que sentiria medo por ele cogitar não me querer.  Nunca, imaginei que esse mesmo rapaz, me apareceria com um lindo buquê de rosas pra me buscar no trabalho, e me levar pra jantar. E menos ainda, que nesse mesmo jantar saísse o inusitado pedido. Assim mesmo, em alto e bom som. Nada escrito, nenhuma mensagem, foi dito face-a-face. "Você quer namorar comigo".
Nunca imaginei que eu me veria à beira das lágrimas e imensa satisfação de vida ao dizer "Sim!"

A verdade, é que a cada dia ele conquista um pouco mais de mim. Preciso da presença dele.
Preciso ouvir a voz dele. Preciso do abraço, do carinho, da atenção. É essa mesma a sensação de necessidade.
Ouvi uma vez uma frase que diz "Num relacionamento sempre tem um que gosta mais". Acho que estamos nivelados. HAHA mas que de certa forma, também acho que já estou mais do que envolvida.
Ele me achou. Perdida e caminhando sozinha. No meio do nada, da escuridão, ele encontrou meu pontinho de luz. Veio me aquecer. E me fazer esquecer todo o resto. É isso o que ele faz comigo.
Me faz esquecer quem sou, quantos anos tenho. Sinto que tenho dezesseis anos outra vez. Me sinto criança, me sinto amada, desejada, e querida. Não me sinto só um pedaço de carne.

E estou muito feliz por isso tudo.
pelas noites que durmo às quatro da manhã ouvindo sua voz, pelos sábados que eu o acordo às sete da manhã, e pelas noites que compartilho da sua companhia. Sua inteligência, seu sorriso.
Obrigada por nivelar os tons de cinza na minha vida que tava toda coisada, só funcionando em 2D.  Agora tudo tem densidade e intensidade e profundidade. Além do meu roxo habitual.

Obrigada por trazer todas esses cinquenta tons de Cinza pra minha vida <3
Cuide bem do meu coração já que tem um certo apreço por ele, ok?




Nenhum comentário: