"NADA NOS DEIXA TÃO SOLITÁRIOS QUANTO OS NOSSOS SEGREDOS" - Paul Tournier

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Sonata Arctica - Tallulah



Tradução : Tallulah (Sonata Arctica

Lembra quando nós costumávamos olhar o distante pôr-do-sol?
E como você disse: "Isso nunca vai acabar"
Eu acreditei em cada uma de suas palavras e acho que você também
Mas agora você está dizendo: "Ei, vamos repensar tudo isso"

Você pegou minha mão e me puxou para perto, tão perto de você
Eu tenho o pressentimento de que você não tem palavras
Eu acho um jeito pra você, beijo seu rosto, digo adeus e saio andando
Não olho pra trás pois eu estou chorando

Eu me lembro de detalhes que dificilmente você se recordaria
Me diga por que, eu não sei por que isso acabou
Eu lembro de estrelas cadentes, o passeio que fizemos aquela noite
Eu espero que seu desejo tenha se realizado, o meu me traiu

Você soltou a minha mão, e fingiu um sorriso pra mim
Eu tenho o pressentimento de que você não sabe que fazer
Eu olhei dentro dos seus olhos, hesitei por um instante
Por que você está chorando?

Tallulah, é mais fácil viver sozinho do que temer a hora do fim
Tallulah, encontre as palavras e fale comigo, oh
Tallulah, isso poderia ser... o paraíso

Eu te vejo andando de mãos dadas com um baterista cabeludo de uma banda
Apaixonado por ela, ou pelo menos é o que parece, ele está dançando com minha bela rainha
Nem ouso te dar oi, ainda engolindo o adeus
Mas eu sei que os sentimentos ainda estão vivos, ainda estão vivos

Eu perdi minha paciência uma vez, então você pode me punir agora.
Eu sempre te amarei, não importa o que faça
Eu te conquistarei de novo se você me der a chance
Mas há uma coisa que você deve entender

Tallulah, é mais fácil viver sozinho do que temer a hora do fim
Tallulah, encontre as palavras e fale comigo, oh, Tallulah
Isso poderia ser...
Tallulah, é mais fácil viver sozinho do que temer a hora do fim
Tallulah, encontre as palavras e fale comigo, oh
Tallulah, Isso poderia ter sido... O paraíso!

Nenhum comentário: